Malva sylvestris



As virtudes medicinais da malva são milenares, sendo utilizada como alimento e como remédio para problemas digestivos, assim como para feridas, rupturas musculares e queimaduras.

Em países orientais, a malva é utilizada na cozinha juntamente com a alho e cebola, não se conhecendo nenhuma contra-indicação para pessoas saudáveis.

A malva floreste a partir do fim do Inverno até ao Outono, e para propósito medicinais são recolhidas as flores e as folhas.


Indicações: aliviar problemas respiratórios de crianças; combate a tosse e a irritação da garganta; faringites, refriados, gripes, bronquites, alergias respiratórias com rinite; prisão de ventre pontual, gastrite e gastroenterite.


Preparação: tomar-se em infusão simples uma colher de sobremesa por cada chavena de água; pode também ser utilizada em culinária.